Arquivo

Archive for novembro \26\UTC 2010

Orgulho da equipe do PublishNews

26 de novembro de 2010 Deixe um comentário

Esta semana eu tive dois motivos para me orgulhar do PublishNews e principalmente de sua equipe.

O primeiro é nossa lista de mais vendidos. Finalmente terminada, ela está no ar com rankings de cinco categorias – ficção, não-ficção, negócios, autoajuda e infanto-juvenil – em formato semanal, mensal e anual, e ainda com um ranking de editoras de acordo com a quantidade de títulos que colocam na lista. E tudo isso mostrando os números apurados, de maneira aberta e transparente. Não tenho dúvidas, é a melhor lista de mais vendidos do País. Ah! E também é a mais rápida! Quinta-feira à noite ela já está no ar, enquanto as listas da concorrência só aparecem no sábado.

Hoje, quando olho a lista ali na tela, publicada, parece difícil acreditar que ela seja real. Para chegar a este resultado final, foi preciso um esforço de todos no PublishNews e também na Dualtec, a empresa que faz nosso site. Sem a grande equipe que temos, não seria possível ter a lista no ar. Por isso, parabéns Ricardo, Maria Fernanda, Luciana, Cássia, Fábio (Dualtec) e Mariane (Dualtec). E, também agradeço, claro, às livrarias que nos mandam suas listas toda semana.

O segundo motivo que me deixa orgulhoso é a edição de hoje do PublishNews. Está superprofissional, séria, e é um belo exemplo de que deixamos de ser um clipping, um agregador de notícias para virar um veículo de verdade. Das 21 notas de hoje, apenas 5 são clippadas, sendo uma delas do Tipos Digitais, que é uma iniciativa do próprio PublishNews. Nosso abre é um furo. Ninguém sabia que a Callis, com seu jeitinho de editora de belos livros em papel, estava se metendo no mundo digital. Depois apuramos a abertura de três livrarias de grandes redes: Fnac em Belo Horizonte, Livrarias Curitiba em Maringá e Livraria da Vila no Shopping Higienópolis, em São Paulo.

Além disso tudo, já começamos hoje a nossa cobertura da Feira Internacional do Livro de Guadlajara. Neste momento, o Ricardo Costa, aquele do chapéu Panamá, encontra-se no Panamá, em uma conexão para chegar a Guadalajara. Fomos convidados pela própria organização do evento. Em breve o Ricardo mandará notícias e notas, se a ressaca de tequila deixar.

Enfim, estou orgulhoso do PublishNews e de sua equipe.

“Noites de autógrafos” de livros digitais

12 de novembro de 2010 6 comentários

[Escrito enquanto sobrevoava este
“Brasilzão”, a caminho de Olinda para cobrir a VI Festa Literária Internacional de Pernambuco.]

Estou conferindo a programação da FLIPORTO 2010, e notei que praticamente todas as mesas se encerram com uma sessão de autógrafo dos participantes. Fiquei pensando que deveria ter trazido livros de alguns deles, que já tenho, e que gostaria de comprar outros também lá na Festa, pra pegar seus autógrafos… Mas então imaginei o peso que tudo isso teria na minha mala – já na vinda e pior ainda na volta. Como seria bom se já tivéssemos no Brasil leitores digitais com preços razoáveis e, muito mais importante, livros digitais (conteúdo) em língua portuguesa! Eu poderia viajar com mil livros pesando menos de 300 gramas.

Abre o parêntese: não é o assunto deste post mas não me contenho em questionar – quando é que os editores brasileiros vão se dar conta de que o eBook já é uma realidade e isso não tem volta, e que o grande problema do eBook é a falta de conteúdo? Forneçam conteúdo a partir daqui ou virá conteúdo de fora! Fecha o parêntese.

Mas então me cutucou a mente uma pergunta: como esses caras vão autografar livros digitais? O que você acha? Alguma sugestão? Não pergunto o que pensa do livro digital, porque eu já disse que ele é uma realidade, embora estejamos muito atrasados ainda no Brasil. Mas quero ideias de como serão as “noites de autógrafo” na realidade do mundo digital. Solte a imaginação pra depois eu escrever outro post com as ideias sugeridas.

Categorias:Tecnologia
%d blogueiros gostam disto: